Náuseas na gravidez? Damos-lhe 3 dicas para aliviá-las

Náuseas e vómitos como primeiros sintomas da gravidez

Um dos primeiros sintomas da gravidez que muitas mulheres sofrem, mesmo antes de realizar o teste de gravidez, são as náuseas e os vómitos, também conhecidos como “emese gravídica”. Mais de metade das mulheres apresentam náuseas ou vómitos nas primeiras semanas de gestação. Na verdade, é comum que esses sejam os únicos sintomas da gravidez para muitas mulheres, até começarem a notar o inchaço da barriga.

Felizmente, na maioria dos casos, as náuseas e os vómitos são moderados e desaparecem após o primeiro trimestre de gestação. Contudo, uma em cada quatro mulheres podem persistir com esta sintomatologia até o momento do parto. No entanto, não é necessário alarmar-se: esses sintomas de gravidez são muito incómodos, mas não são considerados uma doença porque não representam perigo para a mãe ou para o feto.

As náuseas e os vómitos só devem causar preocupação se ocorrerem com muita frequência, mais de três ou quatro vezes por dia, especialmente se impedirem a retenção de qualquer alimento por pelo menos 24 horas. Esses casos extremos, que afetam apenas 1 em cada 100 mulheres, são conhecidos como “hiperémese gravídica” e devem ser avaliados pelo médico.

Porque é que as náuseas são típicas da gravidez?

Durante os primeiros meses da gravidez, ocorrem mudanças hormonais significativas que afetam a perceção de odores e sabores. Por essa razão, é comum que certos odores causem desconforto e que surja aversão a certos alimentos. Essa aversão a odores e sabores pode causar náuseas e eventualmente levar aos vómitos.

Além disso, outros alimentos podem parecer mais apetecíveis do que o habitual. Por exemplo, muitas grávidas costumam ter mais apetite por doces e cítricos, enquanto carne e café podem causar repulsa em muitos casos.

Outra causa provável é a propensão a quedas nos níveis de açúcar no sangue. Durante as primeiras semanas de gestação, o crescimento fetal e da placenta consomem muita energia na forma de glicose. Isso, por sua vez, explica por que as grávidas geralmente têm mais vontade de comer doces.

Quando passa um longo período sem consumir qualquer alimento, as reservas de açúcar diminuem e isso pode causar desconforto e náuseas. Essa é uma das razões pelas quais as náuseas são um dos sintomas da gravidez que ocorrem tipicamente pela manhã, após o jejum noturno.
Finalmente, a secreção de sucos gástricos e a digestão são modificadas devido à gestação. Isso causa outro sintoma da gravidez, a azia e o refluxo, que por sua vez podem levar aos vómitos.

Como aliviar as náuseas da gravidez?

É essencial seguir as indicações do obstetra, mas as 3 dicas seguintes podem ser úteis para aliviar as náuseas durante a gravidez:

  • Evitar alimentos fortes ou com cheiro desagradável é essencial. Também é aconselhável evitar alimentos picantes e cozeduras pesadas, como fritos.
  • É preferível consumir pequenas quantidades de alimentos várias vezes ao dia, a cada 2 ou 3 horas, em vez de fazer apenas três refeições abundantes. Isso facilita a digestão e reduz as chances de queda de açúcar.
  • Um remédio rápido quando a náusea aparece é restaurar os níveis de açúcar no sangue e restabelecer o pH do estômago.

As náuseas e vómitos geralmente são dos primeiros sintomas da gravidez a manifestar-se. No entanto, seguindo orientações alimentares adequadas e com um pouco de ajuda, é possível controlá-los para desfrutar tranquilamente esta fase da vida.